Por falar em coisas boas… Mayra Andrade!

Há lá coisa melhor para começar um ano do que novas descobertas musicais? Pois este ano está a ser invadido pela doce sonoridade da Mayra Andrade. Uma descoberta tardia, mas apaixonante.

Seja em que língua for, português, inglês, francês ou em crioulo cabo-verdiano, a voz de Mayra Andrade é daquelas que fica e que queremos levar sempre atrás para dar som à nossa própria vida. É melodiosa, pessoal e rica, cheia de paixão e intenção naquilo que canta. E aquela cara??

Com o rádio do carro quase sempre sintonizado na Rádio Nova (recomendação 5 estrelas, mas para outro dia), um dia ouvi “Reserva Pra Dois“, colaboração com Branko já de 2016, e fiquei curiosa. Em casa decidimos ouvir mais e foi uma delícia deixar a sala ser invadida por esta mistura de “tons radiantes, dançantes, batidas aveludadas e melodias apimentadas. A sua voz está subtilmente “temperada” com pimento, como se a Europa da pop sempre tivesse sido um arquipélago tropical.” – vale a pena ficar a conhecer esta artista com um percurso de vida intensamente internacional.

O último álbum “Lovely Difficult” é de 2013, mas o som é tão fresco e diferente, tão impecavelmente salpicado de diferentes idiomas que bem que podia ter saído para o mundo apenas ontem. E ouvir “Studio 105”, “Stória, Stória” ou “Navega” é igualmente bom, como uma viagem pelos países e pelos sentimentos que a povoam. É lindo.

Se com a música querem viajar, soltar o corpo e apanhar uma onda de boas vibrações, a Mayra Andrade tem a voz perfeita para nos fazer sorrir e pensar em coisas boas!

Ah, e se querem ver como o mundo reage com doçura a coisas boas, basta ler os comentários à voz dela em todas as línguas, de finlandeses a brasileiros, tudo perfeitamente enfeitiçado por ela… Posto isto, o que esperam?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *