Diário de um Sonho

Já perto do final da nossa viagem, algumas pessoas perguntaram se não iríamos partilhar todo o itinerário e algumas das nossas aventuras. Na altura, parecia cedo.

Após um 2020 absolutamente inédito e face a todas as restrições de movimento impostas pela pandemia, cheguei à conclusão de que o aniversário de partida seria o momento ideal para mostrar por aqui a nossa aventura. Decidi, então, transcrever para o Posto Isto tudo o que escrevi no nosso jornal de bordo sob o título “Diário de um Sonho“. Esta foi a primeiríssima entrada, ainda no avião.

Primeira entrada – 2 de setembro de 2019

“Este livro foi-me oferecido pela Martinha e pelo Luís no Natal de 2019, pouco depois de comunicarmos que finalmente iríamos embarcar na nossa viagem.

Esta viagem, um passeio de carro pelos Estados Unidos da América, é um sonho de há muito tempo. De miúda, na verdade. Desde os tempos em que passava noites sozinha na sala a ver documentários de jazz ou soul; ou a ver canais de música que me mostravam todo um mundo, mesmo ali, do outro lado do oceano.

Na altura, os EUA eram o sítio mais longe que eu podia imaginar: a fuga perfeita! Ainda não havíamos descoberto as maravilhas da Ásia, tudo isso era quase inatingível. Ao passo que a Europa era perto demais.

Depois de um ano a trabalhar fora sem grandes sucessos (foi lá que plantei a semente, sem saber), o regresso a casa parecia o maior falhanço. Como se significasse que nunca iria escapar, afinal. Tinha tido a minha hipótese e tinha falhado.

Os anos passaram, fomos construindo uma vida e recomecei a ter fé no sonho. Comecei a imaginar, a investigar se poderia ser feito. Assim que ele disse que sim, começámos a planear. Ele acreditou e eu passei a acreditar a dobrar.

Depois de quatro anos a trabalhar em casa, já para estar disponível para quando ele pudesse, surgiu o momento e ele deu o passo, despediu-se. Era agora. Decidimos a duração: três meses.

Em janeiro de 2019 começámos a planear tudo em detalhe, informámos família e amigos.

Não é preciso relembrar as voltas que a vida deu e como os seis meses seguintes se transformaram num suplício.

Contudo, a verdade é que aqui estamos. A bordo de um avião a caminho de Nova Iorque. Será a primeira paragem nesta viagem em que iremos atravessar a América de costa a costa. Mas não, não iremos fazer a route 66. Vamos fazer a nossa rota, o nosso sonho!

É suposto chegarmos daqui a duas horas. Depois temos de esperar pelas malas, passar o serviço de imigração. Podemos demorar ainda outras duas horas.

Estes seis meses enfraqueceram-me. Agora só posso esperar que estes três meses me possam redimir.”

2 Replies to “Diário de um Sonho

  1. O livro abriu-se e com ele muitas aventuras serão narradas neste périplo único, estonteante e mágico. Sempre que o livro se abre as vossas reminiscências diminuem as distâncias, conseguindo prosseguir a viagem sem sair do sítio.
    Acredito que tenham sido momentos singulares, transformadores… enfim, um encontro com o vosso eu… Obrigada pela partilha e por sermos personagens da vossa aventura 😊.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.